16 de mar de 2013

Ícones Bizantinos - Técnica

 
Jogue sozinho ou convide um colega,
para disputar quem monta o quebra cabeça em menos tempo.
Aumente a quantidade de peças.
Ao final da montagem, compreenda a função
dos "ícones" medievais bizantinos.
 

  

.
 
 
Leia abaixo o texto
com maior clareza.


Segundo historiadores, o objetivo das obras sacras bizantinas era evangelizar por meio da Arte. Cada obra, normalmente pintada, conta uma história cristã e por isso se diz que eles são escritos e não pintados. Daí o termo “iconografia”, que é a arte de grafar/escrever imagens, ícones. Os sacerdotes da igreja católica ortodoxa bizantina eram os responsáveis em desenvolver a técnica da iconografia bizantina. 
TÉCNICA DE TÊMPERA
A têmpera é um modo de preparação de tinta na época bizantina, feita de um modo em que se misturam os pigmentos com uma goma orgânica (normalmente a gema de ovo). Seu resultado consistia em um efeito brilhante e luminoso, que dava beleza aos trabalhos aplicados com a têmpera. Tempos mais tarde, a técnica foi abandonada.
TÉCNICA DE ENCÁUSTICA
A encáustica é outra técnica de preparação da tinta, consistindo na diluição de pigmentos de cera aquecida e derretida na aplicação. Além disso, foi uma técnica utilizada por povos muito mais antigos, e graças a ela podemos apreciar as esculturas dos povos da antiguidade, como as esculturas de mármores gregas e as pinturas do Egito antigo.
 
.

.